Convocatória para Colaboradores | Interactivos?’19: Ciência na Roça

A Silo - Arte e Latitude Rural, com o apoio do Instituto Serrapilheira, apresenta Interactivos?’ 19: Ciência na Roça onde serão desenvolvidos 5 projetos com o aporte de colaboradores em nosso laboratório rural localizado na Serrinha do Alambari - RJ, de 03 a 17 de agosto 2019.

Até o dia 05 de julho, convidamos para a apresentação de candidaturas para colaboradoras/es aquelas/es que desejam participar diretamente da criação e do desenvolvimento dos projetos selecionados, atuando e tomando decisões junto a uma equipe de trabalho.

As pessoas selecionadas receberão hospedagem, alimentação e a orientação de mentores cientistas.

[BAIXE A CONVOCATÓRIA - PORTUGUÊS]

[DESCARGUE LA CONVOCATORIA - ESPAÑOL]

[FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO / FORMULARIO DE INSCRIPCÍON]

E confira abaixo os projetos que serão desenvolvidos.


ECOS, APARATO DE BAIXO CUSTO PARA ANÁLISE BIOACÚSTICA
KEILA ZACHÉ e FABIANA DUFFRAYER | Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

O meio ambiente possui uma diversidade de linguagens e apresenta uma plasticidade sonora com uma infinidade de melodias que compartilham contraste e resiliência. Por isso Ecos propõe o desenvolvimento de um equipamento de gravação sonora automática para ambientes terrestres - com bom desempenho, replicável e de baixo custo - baseado em um modelo pré-existente. Durante o lab vamos verificar a composição sonora diária de uma localidade e aferir a eficácia do protótipo híbrido desenvolvido a partir das análises dos sinais sonoros em softwares específicos para essa finalidade, teste de estatística básica e a geração de gráficos.

Perfil de Colaboradoras/es:
Artistas, artistas sonoros, músicos, pessoas com conhecimento de eletrônica, programação, aptidão e interesse em estudos de campo, equipamentos sonoros e biologia.


FOTOGRAFIA FOTOSSINTÉTICA
JOAQUÍN PÁEZ | Córdoba, Argentina.

O projeto visa aprofundar uma pesquisa sobre a técnica de fotografia fotossintética através da experimentação interdisciplinar. Seu objetivo é aperfeiçoar a técnica para a produção artística. O processo de experimentação será desenvolvido através de tentativa e erro, fazendo cópias em folhas de árvores e estudando de forma detalhada os resultados de cada teste.

Perfil Colaboradoras/es: Artistas, fotógrafas/os, engenheiras/os químicas/os, biólogas/os, botânicas/os, especialista em resinas naturais, designer gráfico, moradores da Serrinha e demais interessadas/os.


IMERSÃO EM ASTRONOMIA E CONTATO COM O CÉU
PROJETO COSMOS | Manaus, AM , Brasil.

Como aproveitar o sentimento de encanto gerado pela prática de observar o céu noturno para a construção de conhecimento? O objetivo é investigar e construir uma atividade que posso somar junto à prática de observar o céu noturno com telescópios e/ou planetários móveis. O Projeto Cosmos já trabalha com oficinas de divulgação científica em escolas públicas, e agora queremos cocriar uma imersão em Astronomia aberta ao público livre e que seja empática, acolhedora, encantadora e construtiva.

Perfil Colaboradoras/es: Artistas em geral (músicos, atores, artistas visuais, ilustradores, artistas circenses,etc), pessoas que trabalhem com construção de narrativas (roteiristas, youtubers, escritores, contadores de histórias, criadores de jogos digitais ou de tabuleiro, etc.), pessoas que trabalhem com divulgação científica para o grande público (trabalhem com planetários, museus de ciência, educomunicação, etc), moradores da serrinha, astrônomos, antropólogos, astrólogos e demais interessados.


BIOMETANO RURAL
CARIN VON MUHLER E ALUNOS DA UERJ | Resende, RJ, Brasil.

O biogás gerado em pequena escala à partir de resíduos compostáveis não é facilmente adaptado em fogões tradicionais devido ao baixo teor de metano e grande concentração de contaminantes. Muitas das tecnologias existentes para upgrade de biogás à biometano apresentam custo elevado e incompatível com as necessidades de um processo residencial de pequena escala. O objetivo da proposta é associar os saberes científicos e o conhecimento popular, usando materiais de baixo custo e fácil aquisição - ou até mesmo resíduos - para a construção de um sistema mais acessível para uso em propriedades rurais.

Perfil Colaboradoras/es: Pessoas que tenham alguma experiência com biogás e biometado, biólogos, engenheiros, químicos, estudantes, agricultores, arquitetos, designers, moradores da Serrinha.


BIOFABRICAÇÃO DE MATERIAIS
CAMILA MACARENA PICCO | Santa Fé, Argentina.

Biofabricação de materiais e produtos de matéria orgânica da Área de Proteção Ambiental da Serrinha do Alambari, Brasil, RJ. A proposta é combinar o processo artesanal de produção de bio-couro e produtos micélicos bio-cultivados, com ferramentas de manufatura digital para processá-los e criar desenhos. Entre essas ferramentas, propõe-se, por exemplo, o uso de termoformagem, impressora 3D, corte a laser, entre outros. O objetivo é gerar novos materiais e avaliar sua possível aplicação em produtos biodegradáveis que contribuam para o cuidado do meio ambiente.

Perfil Colaboradoras/es: Engenheiros de materiais, Biólogos, Biotecnólogos, Tecnólogos, Designers, Artistas, Cientistas relacionados à produção de materiais e a processos biológicos.


Realização: Silo – Arte e Latitude Rural
Contato: [email protected]

Apoio: Instituto Serrapilheira